quarta-feira, 16 de maio de 2012

Exames de DNA comprovam que a criança encontrada com acusados de canibalismo é filha de Jéssica

Garanhuns - 16/05/12

Jéssica Camila 
Os exames de DNA comprovaram que a criança de cinco anos que estava em poder do trio suspeito de assassinatos em série e canibalismo é filha de Jéssica Camila da Silva Pereira, de 17 anos. A adolescente, que estava desaparecida desde julho de 2008, teria sido executada em Rio Doce, Olinda. A informação foi anunciada esta manhã no Fórum de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

Jéssica teria sido a primeira vítima a ser assassinada, esquartejada e, posteriormente, comida por Jorge Negromonte, de 50 anos; Isabel Cristina, de 51, e Bruna Cristina de Oliveira, de 20.

Na tarde de ontem, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) anunciou que os três suspeitos confessaram nove mortes de mulheres. Oito casos já estavam sob investigação desde o final do mês passado, como havia informado a Polícia Civil de Pernambuco.

Até agora, no entanto, a polícia só conseguiu confirmar as mortes de Giselly Helena da Silva, 31 anos, e Alexandra Falcão da Silva, 20, cujos restos mortais foram encontrados enterrados no quintal da residência onde o trio vivia com uma menina que era usada para atrair as vítimas com propostas de emprego de babá.

Isabel e Bruna estão na Colônia Penal Feminina de Buíque. Jorge está no Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira.

Do Diário de Pernambuco e V&C

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário: